Cuidados com a Imagem Pessoal: equilíbrio e bom senso fazem a diferença

Por Silvana Lages

Recentemente escrevi dois artigos falando sobre o cuidado que temos que ter no ambiente de trabalho ao tratarmos de assuntos como futebol, religião e política. Uma leitora me respondeu contando que tem um crucifixo em sua mesa e que estava preocupada se isso poderia prejudicar sua carreira.

Como esta pode ser uma dúvida comum resolvi escrever artigo de hoje para explicar que não é necessário chegar ao extremo de achar que tudo é proibido. Nessa hora, o bom senso e o equilíbrio são fundamentais. Entenda por quê.

8 ou 80?

Imagem Pessoal equilibrio e bom senso Silvana Lages

Há quem orgulhe-se de dizer que é “8 ou 80”, “tudo ou nada”, “agora ou nunca”. Mas será que isso é realmente motivo de orgulho?

Uma pessoa que atua apenas nos extremos passa a imagem de alguém inflexível, difícil de lidar. Por isso é tão importante saber encontrar o equilíbrio na hora de se portar, adaptando-se ao ambiente, mas sem deixar de ser quem você é e, principalmente, também aceitar as diferenças dos outros.

Sua essência

Sua religião e sua crença, apesar não estarem relacionadas com o ambiente de trabalho, fazem parte de você e moldam muitos de seus valores pessoais. O assunto exige, sim, muita cautela, mas principalmente no sentido de não debater sobre qual religião ou time é melhor, por exemplo.

Sobre o caso da leitora que tem o crucifixo na mesa, não há nada de errado nisso – desde que ela não ande com ele pelo escritório, tentando converter a todos à sua religião. Se está em sua mesa ou no seu pescoço usado como colar e ela sente-se à vontade com isso, ninguém deve julgá-la e, muito menos prejudicá-la profissionalmente por isso. Da mesma forma, alguém poderia ter uma caneca do seu time favorito. Não há nada de mais, contanto que não vire motivo de provocações e discussões.  E que não sejam muitos objetos, que seja algo seu, só para você, discreto.

Equilíbrio sempre

E essa dica vale para todos as outras questões que envolvem sua Imagem Pessoal, também. Exemplos: é ruim, sim, quando alguém coloca um perfume muito forte. Porém, isso não quer dizer que você não possa usar perfume, o importante é usar na medida certa (como falei neste artigo).

No mesmo sentido, cores muito vibrantes não são aconselhadas para o ambiente de trabalho, mas se você gosta delas, pode incorporá-las ao visual de maneira discreta e no momento adequado.

Viu só como não é preciso ser “tudo ou nada”? Sua Imagem Pessoal deve estar de acordo não só com a sua postura profissional, como também com a pessoa que você é. Ser autêntico não quer dizer levar tudo “a ferro e a fogo”. Use os pontos fortes de sua personalidade a favor de sua Imagem Pessoal, equilibrando espontaneidade e bom senso sempre e veja o sucesso ser alcançado mais facilmente com essas simples ações.

Silvana Lages

Sua equipe está com dificuldades em lidar com assuntos extra-profissionais no ambiente de trabalho? A integração está prejudicada por conta de divergências de opiniões pessoais? As palestras, cursos e treinamentos podem ajudar a melhorar o ambiente e o desempenho da sua equipe. Entre em contato conosco. Juntos vamos encontrar a melhor solução! comercial@silvanalages.com.br | (31) 9136-7973

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Deixe um comentário

Comentar post