Saiba como lidar com 5 tipos indesejados no trabalho

Em qualquer lugar do mundo, em empresas de todos os portes, há chances de existir profissionais com características irritantes, que tendem a tirar do sério aqueles que estão buscando crescer profissionalmente e alcançar o sucesso.

Porém, esses “tipos indesejados” não podem prejudicar a carreira de quem tem postura profissional e sabe o que quer. Por isso, resolvi apresentá-los aqui para que você possa refletir sobre cada um deles e sobre a maneira correta de lidar com esses perfis.

Se pudéssemos escolher, preferiríamos nem tê-los por perto, claro. Mas como isso não é possível, nos resta ter paciência e respeitar as diversas personalidades com as quais temos de conviver no dia a dia corporativo…

Image courtesy of Vlado at FreeDigitalPhotos.net

1. O reclamão: O famoso “baixo astral” só sabe reclamar… o dia inteiro! Evite essas pessoas, a não ser que tenha algo importante a tratar com ela. Do contrário, responda somente o necessário. Prolongar uma conversa com esse “tipinho” quando não há necessidade pode até mesmo ser ruim para sua motivação.

2. O queridão: Este tipo ama tudo e todos. O famoso “chato” é a pessoa com a qual você não deve se envolver demais, confiar e manter relação extra-profissional. Mas, como sempre, vale a regra da boa educação. Ele fica na dele, você na sua, mas sem ir além nas conversas. Afinal, não tem como uma pessoa passar confiança ao dizer que gosta de todo mundo!

3. O mandão sabidão: É aquele que manda em todo mundo e acha que sabe tudo sobre todos os assuntos, sempre tendo algo a “acrescentar” em uma discussão ou “conversa de bar”. A dica é estabelecer um limite do poder que ele pode exercer – isso se ele o tiver.

4. O tagarela: Não fica quieto um minuto e silêncio é palavra desconhecida no seu vocabulário. Pessoas com esse tipo de característica geram desconforto e deixam o ambiente chato. Ignorar também é uma boa forma de conseguir sair ileso da companhia de pessoas assim.

5. O falso amigo – ou apenas falso mesmo: Ama todos pela frente, mas critica um a um pelas costas. Não se envolver é a dica primordial! Manter distância e não criar laços de intimidade também é recomendado. Chega a ser nocivo no ambiente corporativo.

Se você é obrigado a conviver com algum desses tipos, exercite sua paciência e mantenha o equilíbrio sempre que possível. Lembre-se: o respeito é fundamental e diminui os prejuízos que esses colegas podem trazer a você.

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Deixe um comentário

Comentar post