Qual o seu valor?

Nesse momento, você provavelmente está pensando que eu estou doida e que você não tem valor. Primeiro, porque não está a venda. Segundo porque não é um produto.

Sinto te decepcionar mas, sim, você é um produto! Todos nós somos e possuímos, inclusive, uma marca que é construída por uma série de elementos, como alguns que citarei abaixo:

* Nossa imagem pessoal
* Nossa postura profissional
* Nossa postura pessoal e social
* Nossa postura nas redes sociais
* Nossa postura dos ambientes de eventos e festas
* Nossos objetos pessoais
* Os locais que frequentamos
* Os cursos, livros e filmes que assistimos
* Os amigos que temos
* As viagens que realizamos
* Nosso conteúdo
* A forma como entregamos este conteúdo
* A forma como cuidamos do nosso mundo
* A forma como nos relacionamos com as pessoas
* A forma como nos relacionamos com as pessoas de “alto , médio, baixo e sem” escalão
* A forma como nos relacionamos conosco mesmo e muito mais.

Sim! Você é um produto, você tem uma marca e ela não é fácil de ser bem lapidada.
Hoje, a marca pessoal mais valorizada é a que desperta as nossas melhores emoções. A emoção, cada dia mais, é uma das coisas mais valiosas que existem no mercado e isso é facilmente notado quando vamos às compras. Somos muito “frios e mentais” e isto não está no fazendo bem. Estamos em busca e empenhados e resgatar uma emoção para nossa vida e isto vale para tudo: desde a pessoa com quem terá um relacionamento íntimo até a escolha do seu shampoo.

Mas calma, Silvana. O que o shampoo tem a ver com a minha marca pessoal? Vou te explicar, raciocina comigo:
Existe uma série de marcas para shampoo e não conseguimos nem listar todas as existentes, afinal, só conhecemos algumas. Mas, no fundo, todas elas prometem a mesma coisa: deixar o cabelo mais sedoso, macio e com mais brilho. Você, antenada no mundo dos cosméticos, escolhe uma marca em especial. O produto escolhido é o mais caro, por mais que prometa os mesmos resultados de todos os outros da prateleira. Mas você paga o preço maior sem nem mesmo se importar, afinal, aquele produto tem mais valor emocional que os outros para você. Se você se fosse uma escolha mental, com certeza você teria escolhido outro.

Esta relação funciona da mesma maneira com as pessoas, acreditem. Por isso, é de extrema importância quer você construa a sua marca pessoal e se destaque entre os outros diversos profissionais da sua área. Quanto ao seu valor, bom, funciona da mesma maneira do exemplo que dei quanto ao shampoo para cabelo: você pode estipular um preço, mas o valor é o mercado que dará.

Mas lembre-se: tem que ter valor pessoal, que deve despertar emoções positivas e singulares nas pessoas. Quanto mais você lapidar a sua marca pessoal, mais valor você terá no mercado e mais credibilidade você terá no ramo que deseja seguir.

Pense nisto! E se precisar de ajuda com o Processo de Gerenciamento Estratégico, conte comigo – terei prazer em ser sua aliada. Se você gostou deste conteúdo, sugiro que compartilhe, já que muitas pessoas do seu ciclo podem estar precisando deste apoio.

E deixa eu te contar uma coisa: sempre tenho conteúdos como este em texto, vídeo e imagens nas minhas redes sociais. Siga-me, será uma honra para mim contribuir com o seu sucesso.

Gratidão,
Silvana Lages

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Deixe um comentário

Comentar post