Para os homens: Será o fim do terno e gravata?

executivo

Quem vê um executivo de terno e gravata na rua já começa a pensar “em qual empresa será que trabalha?”.

De acordo com a etiqueta corporativa, algumas situações exigem um vestuário mais formal, ainda mais se você possui um cargo de liderança. Mas, em contrapartida, em muitos casos hoje já é possível quebrar esta regra e mesmo assim passar uma imagem positiva profissionalmente falando.

Com tudo isso, a dúvida fica: afinal, é preciso usar terno e gravata para ter uma boa imagem profissional?

Executivos têm recorrido a trajes mais informais justamente para se sentirem mais confortáveis no ambiente de trabalho. Assim, o terno e gravata, como peça fundamental do guarda-roupa, pode começar a ser deixado de lado em algumas ocasiões profissionais.

As camisas sociais, calças de alfaiataria, calças jeans, calças de sarjas  ou de tecidos mais leves, camisetas de golas rolê, blazers e sapatênis têm sido incorporados ao vestuário dos grandes profissionais de algumas  áreas empresariais.

O executivo de sucesso, além de ter bom gosto e senso crítico com relação à postura, personalidade e atitudes, evita as cores berrantes e chamativas. Os tons clássicos e sóbrios, que nunca saem de moda, são sempre uma boa pedida, independentemente da combinação de peças escolhida.

Para ser mais assertivo, o executivo de sucesso deve optar por cores mais sóbrias e padronagens mais discretas, pois assim poderá fazer mais combinações e não correr riscos com combinações muito chamativas e inadequadas ao ambiente formal

Já se pode decretar o fim do uso do terno e da gravata?

Os executivos ainda não estão completamente liberados do uso do terno, mas em muitos casos é possível adotar um traje um pouco menos formal sem prejudicar a sua imagem.

Os quem podem abrir mão do terno terão mais conforto, mas também terão mais trabalho para escolher peças que sejam adequadas e evitem  risco de erros.

Além de cores clássicas, eles deverão escolher peças mais sóbrias:

  • Jeans deve ser escuro – padronagem lisa, sem muito detalhes;
  • Sapatênis até pode ser usado, mas deve ser um modelo mais neutro e clássico;
  • O blazer poder ser usado com jeans, mas deve ser um blazer próprio para esta combinação, uma peça mais moderna e não aquele blazer do terno;
  • A combinação de camisa de manga curta e gravata jamais deve ser usada;
  • A calça social com a camisa social será sempre um dupla curinga e é muito bem-vinda;
  • A camisa pólo em situações muito informais pode sim ser usada, mas neste caso ela dever ser discreta em cores e padronagem, além de estar em perfeito estado de conservação.
  • O sapato social com a calça jeans dá uma elegância a mais.

Com tudo isso em mente, lembre-se que independentemente da posição na profissão, o terno e a gravata são sinônimos de respeito, seriedade e profissionalismo, mas nem por isso a visão que terão de você será prejudicada devido à escolha de não optar pela combinação clássica.Isto se a sua profissão e ou situação permirtir, pois se vc dispensar em um momento errado, isto pode sim ser muito prejudicial. O bom senso, e porque não dizer o bom gosto, também contam muito para compor sua imagem.

Dicas finais

Ao trocar o terno e a gravata por outras peças mais informais, procure seguir as seguintes regras:

  • Deixe as roupas esportivas no armário – camisa do time de futebol que você torce, tênis, bermuda e regata são peças de roupas que mesmo em ambientes informais de trabalho não causam boa impressão. Prefira camisas pólo, camisetas lisas e sapatênis, por exemplo, em casos de ambientes bem informais
  • Nunca use boné/chapéu em ambientes fechados e nem óculos escuros.

Agora é com você. Use essas informações a seu favor e construa uma imagem de sucesso!

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Deixe um comentário

Comentar post