Estado civil: feliz

estadocivilfeliz-menorPor Silvana Lages

Quem pensa que Maio é somente o mês das mães, está muito enganado. Maio é, também, o mês que antecede o mês dos namorados e é a época de maior desespero dos solteiros de plantão. Não são poucas as pessoas que ficam pirando por aí pensando no tamanho do problema que é passar o dia 12 de junho sozinho e muitos costumam, até, sair à procura de qualquer alma caridosa com quem possam dizer que estão namorando.

E eu não entendo o porquê. Eu tento, tento, mas realmente não me vem à cabeça o motivo que leva uma pessoa a se relacionar com outra qualquer (por quem não sente nenhum carinho especial, devo ressaltar) somente para dizer que não está sozinho. Ninguém precisa disso. Ninguém precisa estar ao lado de outra pessoa para ser feliz. A primeira regra da busca pela felicidade é, inclusive, aprender a ser feliz sozinho.

Quem pensa que é preciso estar ao lado de alguém para ser feliz, muito possivelmente nunca esteve. Ou, se sim, é uma pessoa de grande sorte. Relacionamentos não são tão fáceis e bonitos como vemos no Facebook e em outras diversas redes sociais. Eles exigem esforço, atenção e muita paciência. No fim, acaba valendo a pena. Mas não é algo que você PRECISA ter para ser feliz.

A propósito, quem não é feliz consigo mesmo, muito dificilmente será feliz ao lado de outra pessoa. É um conselho clichê (e fico feliz que seja), mas você precisa se amar antes de pensar em amar outro alguém.

Eu já fui a pessoa desesperada do mês de maio. Tempo depois, eu comecei a me amar. Eu me amei por muito tempo, eu amei outras pessoas, o meu estado civil já passou de “solteira” para “namorando”, de “namorando” para “casada” e por aí vai. Mas eu nunca, nunca, deixei que o meu status de relacionamento atrapalhasse o meu real estado civil, do qual eu nunca abdicarei, que É SER FELIZ.

E àqueles que pensam que a felicidade só é real caso seja divulgada para o mundo, saiba que o prazer da intimidade causa alegrias muito maiores.  Não precisa mostrar para todos o maravilhoso buquê de rosas que você ganhou do seu namorado – admire-o pelo maior tempo que puder e o agradeça da melhor forma possível. Isso te fará muito mais feliz do que postar uma foto no seu Facebook, eu garanto.

O que eu quero com esse artigo, portanto, é mostrar que você não precisa estar namorando, casado, enrolado ou com uma pessoa do seu lado no 12 de junho. Esteja FELIZ, é o que basta. Esse é o meu estado civil.

Qual é o seu? Passe nas minhas redes sociais e me conte: http://silvanalages.com.br/

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Deixe um comentário

Comentar post