O que você veste x Imagem Pessoal: está na hora de ligar estes pontos!

Por Silvana Lages

Imagine a seguinte cena: alguém acorda, toma um café e vai para o banho. Logo depois, encaminha-se para o quarto, abre o guarda-roupa e começa o drama de “qual roupa vestir?”. Poderíamos estar falando de um filme. Mas isso nada mais é do que uma cena da vida real, e essa sequência acontece diariamente em MUITOS lares de todo o mundo.

Pois saiba que essa dificuldade em saber o que vestir é percebida no ambiente de trabalho. De acordo com uma pesquisa feita pela consultoria de recrutamento Robert Half, a maioria dos chefes acha que os funcionários não sabem se vestir de acordo com os padrões das empresas. Será que é o seu caso?

Nesse estudo, 54% dos diretores entrevistados disseram que percebem repetidas vezes que os colaboradores vão com roupas inadequadas para o trabalho. O levantamento ainda mostrou que 22% dos executivos veem os colegas malvestidos com muita frequência.

Vamos tentar entender a raiz desse problema. Voltando à cena que apresentei no início do artigo já poderia apontar um fator que vai influenciar na escolha de uma roupa adequada ou não: a falta de preparação. Então, aí vai a primeira dica para quem não quer errar: planejamento antecipado dos trajes da semana!

Pensar na roupa apenas momentos antes de sair é quase certeza de erro. Muitas coisas podem acontecer, você está com sono ainda, pode ter acordado triste, mal humorada (ou feliz demais) e, na correria, o resultado é: coloca qualquer roupa que vê pela frente.

Pense nas roupas que vai usar em cada dia da semana e deixe-as separadas. Isso vai poupar seu tempo e a dor de cabeça quando abrir o guarda-roupa toda manhã.

Vista-se para o futuro

Essa é outra dica importante. Sua imagem como um todo deve refletir seus objetivos profissionais. E, nesse sentido, as roupas são muito importantes. Por isso, não é porque você é um estagiário ou alguém que ocupa um cargo mais baixo na hierarquia da empresa que pode ser vestir de qualquer jeito, até porque a mesma pesquisa que citei anteriormente afirma que 22% dos entrevistados acreditam que a promoção de profissionais está diretamente ligada ao desenvolvimento profissional dentro da empresa – e nisso sua aparência também conta pontos.

Seu objetivo é crescer na organização em que trabalha? Então, dentro de suas possibilidades, vista-se de acordo com o cargo que pretende alcançar, ou, pelo menos, tenha um visual que demonstre que você tem ambições de desenvolvimento profissional.

Gestos pequenos como manter os sapatos sempre limpos e preocupar-se em estar com roupas sempre bem passadas também fazem toda a diferença.

Seu vestuário irá ajudar você a construir a imagem que quer passar para as pessoas ao seu redor. Saiba usar seu guarda-roupa a favor de seu desenvolvimento profissional e veja os resultados aparecerem.

Pense nisso com carinho e construa uma Imagem Pessoal e uma Postura Profissional cada vez mais adequadas aos mercados competitivos em que vivemos. Isso fará a diferença!

Para encerrar, deixo algumas imagens de belos trajes femininos para serem usados no ambiente profissional. Todos eles são da Vestido, Saia e Blusa, loja virtual que tem peças bonitas e de qualidade que eu recomendo.

Imagem-Pessoal-vestido-saia-e-blusa

Sucesso!

Silvana Lages.

E se você, assim como grande parte das pessoas que responderam à pesquisa, acredita que sua equipe não está se vestindo adequadamente, Silvana Lages pode ajudar com apresentando uma palestra ou completa sobre Imagem Pessoal. Para mais informações, entre em contato conosco: (31) 9136-7973  |  contato@silvanalages.com.br

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
2 Respostas para "O que você veste x Imagem Pessoal: está na hora de ligar estes pontos!"
  • 5 de março de 2014
    Gabriela

    Gostei muito das dicas, mas as ideias de roupas abaixo são difíceis. Moro em Salvador, que mesmo no inverno faz calor, e trabalho como representante, trabalho na rua, visitando arquitetos, inclusive obras. Então saia lápis como no caso das fotos estão fora de cogitação. Imagine entrar numa obra de saia e salto alto.

    (responder)
    • 24 de maio de 2016
      metropolitana

      Gabriela, que bom que gostou… aqui tenho que colocar as dicas de forma mais genérica, cada caso é um e muitos anos se passarem mas, precisando posso te ajudar VEJA AQUI PORQUE NÃO TE RESPONDI ANTES https://www.youtube.com/watch?v=Kes73BH3veE

      (responder)
Deixe um comentário

Comentar post